Highslide for Wordpress Plugin

Cultura

6 de dezembro de 2018

Vandalismo na decoração de Natal traz prejuízo ao município

A Prefeitura de Extrema pede a colaboração dos moradores e visitantes para ajudar a preservar a decoração de Natal que enfeita a cidade, deixando-a mais bonita para os extremenses e turistas. Alguns casos de vandalismo lamentavelmente já foram registrados. O último aconteceu na noite desta quarta-feira, dia 5 de dezembro, quando parte de um pisca-pisca que enfeitava uma árvore na Praça Presidente Vargas foi arrancada. O setor de monitoramento da Prefeitura rapidamente detectou a ação de vandalismo e acionou a Polícia Militar, que abordou o suspeito, um adolescente de 15 anos.

A Prefeitura informa que tomará as medidas necessárias para que o responsável faça o ressarcimento aos cofres públicos. Nesse caso, por ser o autor menor de 18 anos, as providências legais recaem sobre os responsáveis legais (pais) ou outra pessoa que tenha a guarda legal do adolescente. Além da obrigação de ressarcir o valor do prejuízo, trata-se de crime contra o patrimônio público, cuja pena prevista é de 3 meses a 3 anos, além de multa, conforme o artigo 163 do Código Penal. 

A decoração natalina inclui uma série de enfeites espalhados por vários pontos da cidade, especialmente as praças centrais, as principais rotatórias da Avenida Nicolau Cesarino, a Avenida Tancredo Neves e os portais Norte e Sul. A administração municipal, por meio das equipes das secretaria de Cultura e Turismo, prepara a decoração natalina com muito carinho, ajudando a deixar a cidade mais bonita e a atrair os turistas. A colaboração de todos é importante, seja no sentido de manter os enfeites, quanto no de denunciar, caso presencie algum ato de vandalismo. As denúncias podem ser feitas à Polícia Militar, pelo telefone 190.