Secretaria de Assistência Social

Todos os dias 400 mulheres sofrem violência em Minas Gerais

08/05/2019

145 mil casos de violência doméstica e familiar foram registrados contra as mulheres em Minas Gerais em 2018, segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública. O número equivale a quase 400 casos por dia!
Segundo o Dossiê Feminicídio o Brasil é o 5º país com o maior número de homicídios com as mulheres.
Acreditando que apenas a punição não resolve, a Secretaria de Assistência Social de Extrema lançou um programa de atendimento aos agressores, tendo como finalidade a redução da incidência de atos violentos.
Os autores de agressões contra mulheres poderão ter a chance de rever seu comportamento e adotar novas formas de conduta, participando do grupo constituído pelos profissionais do CREAS; CAPS; Ministério Público, Secretaria Municipal de Assistência Social e do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
Todos os participantes da conversa respondem na Justiça por agressão a mulheres, enquadrados na Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006). Os agressores participarão de uma iniciativa que aposta no diálogo reflexivo para ressocializar os autores de violência doméstica, visando à reflexão, reeducação e responsabilização.
As mulheres vítimas de violência doméstica, também contarão com outro conjunto de ações educativas e preventivas que buscam coibir a violência e fortalecê-las.
Embora a violência afete milhões de brasileiras, muitas mulheres ainda permanecem invisíveis por medo do comportamento agressivo e controlador do companheiro.
Denuncie:
Disque Denúncia: 180
Disque Denúncia: 100
Polícia Militar: 190