Secretaria de Saúde

Secretaria de Saúde orienta sobre serviços de urgência e emergência

13/12/2018

Buscar atendimento médico nos locais corretos é essencial para a vida do paciente e para o bom funcionamento do sistema público de saúde. Por isso, a Secretaria de Saúde esclarece a população que os serviços de urgência e emergência têm como objetivo chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação que possa levar a sofrimento, sequelas ou mesmo à morte.

Basicamente, emergência é considerada uma situação em que a vida e a saúde sofrem ameaça direta. Já a urgência é um estado em que não há risco imediato à vida e à saúde, mas, se não for atendida num determinado período de tempo, a situação pode se transformar em uma emergência. Essas situações podem envolver urgências de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras.

Se você passar por essa situação ou presenciar alguém que passe por uma urgência ou emergência, acione o Samu (190) ou o pronto socorro (0800 033 1118). Alguns pacientes costumam ligar para esses números para relatar situações que não são de urgência nem de emergência. Como o serviço funciona com regulação, ou seja, o mais grave é atendido primeiro, em certos casos há a demora no atendimento.

A Secretaria de Saúde esclarece ainda que, quando um morador de Extrema liga para o 192, a ligação cai na central do Samu em Varginha, que faz a regulação e encaminha para Extrema, o que pode acabar atrasando um pouco os atendimentos. De qualquer forma, os serviços de urgência e emergência funcionam 24 horas, e os profissionais estão ainda mais atentos nessa época de final de ano, quando as ocorrências aumentam.

Use o serviço com responsabilidade, cuidado e bom senso. O SUS é de todos, mas é preciso saber a que serviço recorrer para que tudo funcione da melhor forma possível!