Secretaria de Saúde

Prefeitura arca com os custos de cirurgias e exames de pacientes de Extrema

14/09/2019

No dia 6, sexta-feira, 17 pacientes receberam cheques através de projeto de lei aprovado pela Câmara em parceira com a Prefeitura Municipal. O valor total de R$ 72.966,61 recebido é destinado a pagamento de exames e cirurgias que não são fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa só foi possível através da parceria com a Câmara de Vereadores, a qual auxilia na aprovação de lei que reverte dinheiro público para custeio dos tratamentos. Após todo o processo jurídico ser aprovado, o paciente é encaminhado para cirurgia dentro de 20 dias.

Através deste processo, a fila de espera por cirurgia foi zerada, situação bem diferente do início da gestão atual que, em 2017, superava o número de 1 mil pacientes que aguardavam por cirurgia no Pronto Socorro, além dos exames.

Toda esta ação tem beneficiado muitas famílias, como é o caso de exames de CGH-ARRAY, que identifica síndromes em pessoas com autismo; PET/CT, que faz mapeamento do corpo para detectar câncer e metástas; até mesmo cirurgia de disrafismo para correção de pequena deformidade na coluna espinhal.