Secretaria de Desenvolvimento Econômico

POR QUE NOSSA CIDADE RECEBE TANTAS EMPRESAS?

11/09/2019

O Sul de Minas está cada vez mais na mira dos investidores e empreendedores de todos os segmentos produtivos, devido à localização estratégica próximo dos maiores centros de consumo do país, além dos benefícios fiscais do Estado de Minas Gerais. As novas empresas que chegam a Extrema trazem investimentos cada vez maiores, além de mais empregos e oportunidades.

Respondendo por 12,5% das vendas do comércio eletrônico em todo o país, Extrema abriga empresas como Netshoes, Centauro, Dafiti e a nova moradora da cidade, Mobly, marca de móveis e artigos de decoração. Além disso, Extrema é o 4º polo chocolateiro do país, contando com empresas como Bauducco e Kopenhagen.


Só nos primeiros oito meses de 2019, a cidade recebeu grandes nomes, como Ambev e uma grande expansão da Arcor. O Município conta hoje com 8.054 CNPJs ativos, reunindo todas as atividades, sendo que o setor industrial soma 395 estabelecimentos. No primeiro semestre deste ano, já foram abertos mais de 300 novos negócios no Município.


Muita gente se pergunta: Por que Extrema é a escolhida para receber tantos empreendimentos? A resposta é uma soma de fatores internos e externos, mas o que diferencia Extrema de outras cidades é o modo como o empreendedor é recebido pela Administração Municipal.

Aqui, o empresário não é só um número de CNPJ ou uma cifra milionária. Ele é chamado pelo nome, independentemente do tamanho de seu negócio. É atendido olho no olho, com uma boa conversa e um café quentinho. A administração acredita que os setores público e privado são feitos por pessoas e para pessoas. Nada mais natural do que tornar essas relações mais humanas e menos burocráticas.