Secretaria de Educação

Nota de Esclarecimento

16/08/2019

A Secretaria Municipal de Educação vem por meio desta nota, esclarecer o fato ocorrido ontem à tarde na EMETI Heili Mozar Simões.

Por volta das 13horas a SME foi informada pela direção dos relatos de uma criança, aluna da EMETI Heili Mozar Simões, a qual narrava uma situação de assédio por parte de um funcionário da escola – um auxiliar de limpeza. Imediatamente a Secretaria de Educação dirigiu-se ao local para apuração dos fatos e providências. Foram acionados no mesmo instante o responsável pela aluna, o Conselho Tutelar de Extrema e a Polícia Militar que prontamente atenderam ao chamado.

O funcionário confessou o assédio e a Polícia Militar o conduziu à Delegacia para apuração da ocorrência. A informação que se tem até o momento é de que o acusado não foi preso por não ter ocorrido o flagrante e que os funcionários da escola que acompanharam o caso estão prestando seu depoimento nesta manhã.

No que cabe à Secretaria de Educação, respaldada pelo setor Jurídico desta Prefeitura, todas as providências cabíveis foram e estão sendo tomadas. O funcionário acusado já está afastado cautelarmente de suas atividades, e o processo administrativo já está em tramitação.

A Secretaria de Educação está providenciando o aumento de segurança da Escola e seus arredores para garantir que alunos e demais funcionários sintam-se seguros.

Ressaltamos que providências e penalidades legais para com o acusado cabem à Justiça e entendemos que cada um vem cumprindo o seu papel.

Para mais informações, na próxima segunda-feira será realizada na EMETI Heili Mozar, às 18 horas, uma reunião para todos os pais com maiores esclarecimentos e providências sobre o ocorrido.

Contamos com o apoio de todos os pais, população solidária e Autoridades envolvidas para que este episódio tão triste seja resolvido o mais rápido possível.

Extrema, 16 de agosto de 2019.

Secretaria Municipal de Educação