• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Secretaria de Educação de Extrema tem mais de 10 mil alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino

Secretaria de Educação de Extrema tem mais de 10 mil alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino

26/10/2023

Compartilhe:

Em 7 anos, cidade pula de 6.670 para 10.168 estudantes registrados nas unidades de ensino e realiza investimentos milionários em prol do bem-estar dos alunos

Com 23 escolas distribuídas entre área urbana e zona rural, Extrema percebeu um crescimento significativo do número de crianças atendidas pela Rede Municipal de Ensino nos últimos anos. Os dados são do Resumo Geral do Censo Escolar, realizado pela Secretaria de Educação, que abrange de 1985 a 2023 e indica uma prévia de 10.168 alunos matriculados nas escolas municipais atualmente.

A pesquisa leva em consideração os alunos atendidos pela Educação Infantil, que engloba as creches (1.784 crianças), pré-escolas (1.572) e Ensino Fundamental I e II (6.526), bem como a Educação de Jovens e Adultos, o EJA, e o Centro Municipal de Educação Especializada, o CMEE (juntos somam 286). Os números não levam em conta as escolas que oferecem Ensino Médio, administradas pelo governo do estado de Minas Gerais.

O Resumo Geral do Censo Escolar começou a ser contabilizado em 1985, quando o total de alunos correspondia a 625, o que equivale a um aumento de 98.37%. Nos últimos anos, no entanto, as matrículas excederam as expectativas: entre 2017 e 2023, por exemplo, a Rede Municipal recebeu em torno de 3.498 novos alunos, o equivalente a uma ampliação de 52.44% no quadro de estudantes.

Entre as 23 unidades estão 11 Centros de Educação Infantil Municipal (CEIM), que atendem desde bebês a partir dos 4 meses até crianças de 5 anos, 2 Escolas Municipais de Educação em Tempo Integral (EMETI) e o CMEE, por onde já passaram mais de 800 alunos com diagnóstico de deficiências físicas, visuais, intelectuais, TEA, entre outras. Os indicadores apresentados são um reflexo da importância que Prefeitura Municipal de Extrema dedica à Educação, priorizando ensino de qualidade e profissionais capacitados.

Mais que ensinar, a Secretaria de Educação também atua na promoção do bem-estar do estudante, de modo a tornar a experiência escolar mais acolhedora. Desde 2017 já foram investidos mais de R$ 16 milhões em novos veículos escolares, possibilitando maior conforto e segurança aos alunos. A alimentação é outro destaque: mensalmente são investidos R$ 800 mil em merenda a fim de proporcionar um cardápio nutritivo, selecionado por nutricionistas e que prioriza a agricultura local.