• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Extrema registra furto de diversas bocas de lobo no bairro do Salto

Extrema registra furto de diversas bocas de lobo no bairro do Salto

22/09/2022

Todos os materiais furtados estão sendo recolocados, visto que os bueiros descobertos oferecem riscos de acidentes com motociclistas e pedestres

A Secretaria de Obras identificou, no último dia 14 de setembro, o sumiço de 90% das bocas de lobo no bairro do Salto, o que tudo indica que criminosos furtaram o material em vista da valorização do ferro no mercado. Até o momento nenhum suspeito foi localizado.

Servidores públicos identificaram a ausência de 8 grelhas da caixa de captação de águas pluviais que foram recentemente instaladas na Estrada Municipal Betânia Aparecida de Toledo e na Estrada Municipal Pedro Rosa da Silva, ambas localizadas no bairro do Salto. O que mais impressiona nesse caso é que nem mesmo o peso do material, que varia entre 25 e 30 quilos, impede a ação dos criminosos nas vias públicas.

Os furtos impactaram os cofres da Prefeitura Municipal, já que cada boca de lobo furtada – confeccionada em ferro – custa aproximadamente R$1.330,00, resultando numa perda de R$10.640,00; gasto este que poderia ser usado em outras obras. Além disso, o serviço de substituição atrapalha o fluxo de atividades, visto que os servidores deixam de cumprir outros serviços para repor as peças furtadas.

A Secretaria de Obras já está com plano de ação para colocar chumbadores nas bocas de lobo, com o intuito de reforçar a fixação do equipamento e dificultar o furto dos delinquentes.

Um bueiro descoberto pode provocar acidentes irreparáveis, vitimando motociclistas e pedestres, por isso a Prefeitura já iniciou a manutenção destas caixas de captação de água pluvial aberta e está em processo de reajustamento da grelha, a fim de prevenir a integridade física da população, evitando também futuros alagamentos.

A Prefeitura está intensificando as ações para que esse crime seja combatido e conta com o apoio de órgãos de fiscalização e também com a população para que os autores sejam identificados e penalizados.