• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Extrema promove doação de sangue para o Hemocentro de Pouso Alegre e adere a Campanha “Junho Vermelho”

Extrema promove doação de sangue para o Hemocentro de Pouso Alegre e adere a Campanha “Junho Vermelho”

01/06/2022

Ações visam angariar mais doadores voluntários para contribuir com o Hemocentro Regional

Durante o inverno, é comum que os bancos de sangue do país fiquem desfalcados, já que essa é a temporada de doenças respiratórias, porém a situação ficou ainda mais crítica com o surgimento da Covid-19, já que boa parte das pessoas permaneceram isoladas dentro de casa e os índices de doação decaíram bruscamente.

Devido a temporadas como esta de falta de sangue nos hemocentros e hemonúcleos regionais, o município de Extrema mostra total apoio à causa e contribui na propagação e nas ações em massa da Campanha Junho Vermelho, encaminhando periodicamente bolsas de sangue ao Hemocentro Regional de Pouso Alegre e transportando, quando possível, doadores para coletar o sangue no local.

Com o intuito de motivar à população para doar sangue e evitar com que os hemocentros fiquem vazios, o movimento “Eu Dou Sangue” criou em 2015 a campanha Junho Vermelho, a fim de sensibilizar as pessoas e lembrá-las da importância desse gesto que pode salvar vidas. Além das baixas temperaturas, outra motivação para a escolha do mês de junho foi o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado anualmente em 14 de junho.

Conheça 5 benefícios para quem doa sangue:

1.         Faz bem para o coração:

Estudos indicam que ser doador traz benefícios para o sistema cardiovascular, isto acontece porque durante o processo de retirada do sangue o nosso corpo é obrigado a repor as células vermelhas do organismo. Por incrível que pareça, isso tudo ajuda na diminuição dos riscos de entupimento das artérias do coração e do cérebro, uma vez que a renovação dessas células ajudam a reduzir a quantidade de ferro no nosso sangue e a diminuir o fluxo sanguíneo nas nossas artérias.

  • Diminui o risco de câncer:

Durante a doação de sangue há uma baixa na reserva de ferro do nosso organismo e, isto, favorece para a redução dos riscos do doador desenvolver algum tipo de câncer, como por exemplo: câncer de fígado, pulmão e de garganta. 

  • Descanso para o doador:

Uma das maneiras encontradas pelo governo para estimular a prática voluntária de doação de sangue é beneficiar o doador com o direito de se ausentar no trabalho por um dia ao ano. Esse benefício é concedido no dia em que a pessoa vai realizar a doação, que é comprovada por meio de um atestado de comparecimento.

  • Check-up gratuito!

Ao doar sangue, o doador acaba contribuindo para a sua saúde também! Para que o seu sangue seja utilizado, os hemocentros realizam uma série de exames, com o objetivo de identificar se ele está apto ou não para ser armazenado no banco de sangue. Dentre os testes realizados nos sangues doados estão os exames para identificar a presença de algumas doenças como hepatite B e C, sífilis e HIV. O doador poderá ter acesso a todas as informações do exame, contribuindo assim, para a prevenção e tratamento de doenças, principalmente aquelas mais silenciosas que só descobrimos após um bom exame de sangue.

  • Ajudar o próximo:

Doar sangue é por si só um ato de extrema solidariedade e amor pelo próximo. Após o processo, o sangue doado é separado em diversos componentes, como plaquetas, hemácias e plasma.  E, com isso, eles podem ser usados em diferentes pacientes e em variadas situações. 

Cada bolsinha armazenada nos bancos de sangue do país é capaz de salvar milhares de vidas todos os dias, pois cada doador é responsável por salvar até 4 vidas! O número de doadores é muito baixo no Brasil, Segundo o Ministério da Saúde; 1,8% da população doa sangue regularmente.

Aos interessados em doar sangue é recomendável seguir algumas orientações gerais:

  • Todo candidato à doação de sangue deverá apresentar documento de identidade original e oficial com foto;
  • É necessário dormir bem na noite anterior à doação;
  • Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem à doação;
  • O uso de medicamento, inclusive para enjôo, pode impedir a realização da doação;
  • A doação de sangue não pode ser feita em jejum. Pela manhã, o candidato à doação deverá tomar o lanche normalmente, evitando alimentos gordurosos. Após o almoço é necessário aguardar três (3) horas para realizar a doação;
  • Em caso de candidatos que pegaram Covid-19 e até mesmo as pessoas que testaram positivo, sem ter apresentado sintomas, devem aguardar 10 dias para doar. Casos graves poderão ter um prazo maior em virtude das complicações associadas à doença.

Seja um doador e agende a coleta de sangue na Secretaria de Saúde, entrando em contato com a servidora Cida pelo telefone: (35) 3435-3374 ou acesse o link: https://www.mg.gov.br/agendamento_servico/doacao-de-sangue. Lembrando que a Secretaria disponibiliza de transporte gratuito para levar até o Hemominas de Pouso Alegre.

Todo sangue é bem vindo, pois a falta deles pode acarretar em diversas conseqüências, como cancelamento de cirurgias graves e até mesmo a morte de pacientes. Por isso é importante transformar esta atitude em uma rotina e conscientizar as pessoas ao nosso redor.