Secretaria de Saúde

Equoterapia é uma realidade em tratamento para pacientes com deficiência em Extrema

07/02/2020

Pacientes com algum tipo de deficiência e/ ou necessidade especial e que estão cadastrados e inseridos na Unidade Básica de Saúde de Extrema podem ser encaminhados para a Equoterapia, um método terapêutico e educacional que usa cavalos para estimular o corpo e a mente. O tratamento é oferecido através de indicação médica da rede pública que atesta a saúde do paciente para a prática, complementando alguns tratamentos

Atualmente, são atendidos 60 pacientes no município. Em sua maioria, os praticantes apresentam deficiência intelectual, recebendo todo o cuidado e atenção da equipe multidisciplinar.

A atividade oferece diversos benefícios. Na parte física, o cavalo é a única ferramenta que imprime movimentos tridimensionais, possibilitando a quem esteja montando fazer correção de postura em três eixos: para cima e para baixo, para um lado e para outro e para frente e para trás. Além desse, é trabalhado a coordenação motora e desenvolvimento muscular do praticante através de várias atividades de manejo.

Outro benefício está na parte psicológica do paciente, trabalhando tempo de espera, tolerância e frustração, desenvolvimento do afeto, aumenta a auto-estima e a autoconfiança, estimula a sensibilidade tátil, visual e auditiva. São ações básicas que condicionam as crianças aos limites e as regras, moldando adequadamente o comportamento para o cotidiano.

Já nas primeiras aulas, é possível perceber a satisfação dos pacientes de estarem nas atividades. Para garantir que os praticantes cheguem ao local, é disponibilizado transportes.

A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Saúde Municipal com Equovida do Rancho Montana. A pessoa que desejar saber mais deve entrar em contato com sua Equipe de Saúde da Família para avaliação.