• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Doce de leite extremense fica entre os 4 melhores do país em principal evento do setor de leite e derivados da América Latina

Doce de leite extremense fica entre os 4 melhores do país em principal evento do setor de leite e derivados da América Latina

10/08/2023

Compartilhe:

A empresa Queijos e Doces Santa Isabel ficou em 4º lugar na categoria doce de leite pastoso do Concurso Nacional de Produtos Lácteos

Nos dias 18, 19 e 20 de julho aconteceu no município de Juiz de Fora/MG, o 46º Concurso Nacional de Produtos Lácteos (CNPL), principal evento do setor de leite e derivados da América Latina. Na oportunidade, a empresa extremense “Queijos e Doces Santa Isabel” obteve um bom desempenho em uma das categorias do Concurso, representando o município de Extrema e levando o título de 4º melhor doce de leite.

Entre as 13 categorias dispostas no Concurso, a empresa extremense disputou a categoria que representava o Doce de Leite pastoso, sendo que para definir os melhores, a Comissão Avaliadora analisou os aspectos globais, textura, cor, odor, aroma, consistência e sabor. A empresa que representou o município de Extrema obteve uma pontuação final de 80,67 pontos, quantidade essa acima da média, o que garantiu o 4º lugar no ranking geral.

Segundo as empreendedoras Vera Toledo, Jady e Luma a pontuação final ficou acima do esperado e agora mãe e filhas se orgulham por serem as responsáveis pela fabricação do 4º melhor doce de leite do país: “Não é a primeira vez que participamos desse concurso não, pois em 2022 nós nos inscrevemos com o intuito de testar a qualidade dos nossos doces e analisar se eles eram enjoativos, se tinha pouco ou muito açúcar e o que tínhamos que melhorar. Na época, o resultado apontou que o nosso doce de leite estava entre os 14 melhores, o que já foi uma surpresa muito grande para a gente. Com essa primeira avaliação, melhoramos alguns requisitos do doce, mudando seu aspecto, cor e textura. Aos poucos pegamos prática e adaptamos melhor a receita e esse ano fizemos novamente a inscrição e tomamos outro susto: ficamos em 4º lugar. Estamos felizes com o nosso resultado e essa conquista não é só minha e da minha mãe, a vitória é de toda a família que contribuiu de alguma maneira na produção da receita. Representamos o nosso produto e levamos também o nome do município de Extrema conosco. Vamos continuar melhorando o nosso doce de leite para que na terceira tentativa nós possamos estar entre os 3 melhores da competição”, finalizam as doceiras.

Segundo responsáveis do Serviço de Inspeção Municipal, Antônio Luís de Freitas e Valquiria Bull, que acompanharam o crescimento do laticínio, a colocação foi merecida: “Isso é resultado da dedicação da Vera, da Jady e da Luma. A Vera, carinhosamente conhecida como ‘Cris’, e a Luma tem experiência de mais de 20 anos na área de laticínios, já a Jady entrou com o conhecimento técnico. Ambas, por iniciativa própria, fizeram curso para produzir um doce de leite de qualidade e a participação no concurso mostra o perfil empreendedor da família e o interesse de aprimorar a produção do doce. Agora Extrema tem um dos melhores doces de leite do Brasil”, comemoram os profissionais.