• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Dezembro Vermelho: campanha realiza testagem para HIV/AIDS e outras ISTs nas unidades de saúde de Extrema

Dezembro Vermelho: campanha realiza testagem para HIV/AIDS e outras ISTs nas unidades de saúde de Extrema

04/12/2023

Compartilhe:

Instituída por meio da Lei nº 13.504/2017, a campanha tem o objetivo de disseminar informação a fim de proporcionar o diagnóstico e tratamento precoce aos soropositivos, melhorando a qualidade de vida dos pacientes

A Atenção Primária à Saúde inicia no próximo dia 6 de dezembro (quarta-feira) a campanha Dezembro Vermelho, mobilização nacional que luta pela conscientização e prevenção contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), em especial o HIV/AIDS. A programação acontece até 27 de dezembro e conta com testagem para diversas doenças nas Estratégia de Saúde da Família (ESF) da cidade. Confira o cronograma completo.

HIV/AIDS

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) ataca o sistema imunológico deixando o corpo indefeso contra infecções. Se a pessoa não buscar a terapia antirretroviral (TARV), o vírus acaba incapacitando o sistema imunológico, causando então a imunodeficiência adquirida (AIDS). O tempo para a manifestação da doença varia bastante e em alguns casos pode nunca acontecer. Ainda assim o vírus pode ser transmitido para outras pessoas.

Inicialmente os sintomas se apresentam como um cansaço que não melhora, emagrecimento, diarreias, gripes, quadros de doenças respiratórias como rinite e sinusite, bem como herpes simples e herpes zoster. Se não tratada, a pessoa infectada pode apresentar as chamadas “doenças oportunistas” que se instalam devido a baixa imunidade, como infecções pulmonares, tuberculose etc., com chances de óbito do paciente.

Além da relação sexual (anal, vaginal ou oral) sem preservativo, o HIV também pode ser transmitido de mãe para filho durante a gestação, parto ou amamentação, bem como pelo compartilhamento de seringas ou objetos cortantes contaminados. Entre as principais ISTs estão ainda a sífilis, hepatites virais B e C, herpes genital, gonorreia, entre outras.

Veja a programação: