Secretaria de Governo

CORPO DE BOMBEIROS INICIA PREVENÇÃO PARA O PERÍODO DE ESTIAGEM

02/04/2019

O período de estiagem geralmente inicia-se no mês de abril, estendendo-se até setembro/outubro, e, a partir desse momento, as atenções do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais voltam-se para os desafios a serem enfrentados, visando prevenção e combate às queimadas que, infelizmente, acontecem em decorrência da menor intensidade de chuvas, o que torna a vegetação bastante seca, aliada a falta de conscientização de algumas pessoas que insistem em provocar esse tipo de incêndios, seja por descuidos ou mesmo de forma consciente, o que é crime.   

Com base nisso, o 3º Pelotão de Bombeiros Militar em Extrema, através de seu comandante, o 1º Tenente Claudinei Teles Silva, organizou uma reunião na manhã dessa quinta-feira, 28 de março, com representantes de diversos setores que estão direta ou indiretamente envolvidos de alguma forma na prevenção e combate a esse tipo de ocorrência. Essa reunião contou com a presença de representantes da Empresa Energisa, Secretaria de Educação e Secretaria de Meio Ambiente da cidade de Camanducaia, Secretaria de Meio Ambiente e Plantonistas da cidade de Extrema e Instituto Estadual de Florestas – APA Fernão Dias – localizado na cidade de Camanducaia.  

Durante a reunião, foram abordados diversos tópicos relacionados a esse tema, visando encontrar formas mais práticas e eficazes de conscientizar as pessoas, tais como: evitar jogar tocos de cigarros às margens das rodovias, o que pode ocasionar não só queimadas, mas também acidentes em decorrência da fumaça; limpeza de lotes vagos sem a utilização do fogo, que pode fugir ao controle e acabar atingindo imóveis próximos, além da fumaça que pode até mesmo intoxicar pessoas que estejam próximas ao local do incêndio; queimadas controladas em área rural como forma de preparar terreno para plantio, o que deve ser feito somente após autorização e acompanhamento de representantes do IEF.

A prevenção é a primeira linha de combate contra o fogo, entretanto, mesmo empregando-se as melhores técnicas de prevenção, alguns incêndios fatalmente ocorrem, necessitando de uma rápida e decidida ação de combate a fim de se evitar que o mesmo se propague e atinja inclusive áreas de proteção ambiental.

O Corpo de Bombeiros tem consciência de que a completa prevenção a todos os incêndios florestais é quase uma meta inatingível, mas, não há dúvidas de que através de eficientes planos e campanhas de prevenção, existe a possibilidade de se reduzir consideravelmente o número de ocorrências de queimadas.