Secretaria de Cultura

Conheça os artistas que irão se apresentar na 34ª Festa de Peão de Boiadeiro

03/10/2019

Maiara & Maraisa

Naturais de São José dos Quatro Marcos – Mato Grosso, as irmãs gêmeas Maiara Carla Henrique Pereira e Carla Maraísa Henrique Pereira começaram a cantar aos cinco anos. Aos 11 anos, Maraísa começou a compor e aos 14, surpreendeu a irmã Maiara com a letra de “Amar é mais”, considerado maduro para sua pouca idade.

Moraram em diversas cidades, mas foi por sua passagem por Governador Valadares, Minas Gerais, que deu a oportunidade das meninas a terem aulas de canto, violão, piano, além de se apresentarem em shoppings da cidade. Quando a família mudou para Belo Horizonte vieram as influências do pop e rock – “Como mudávamos muito de cidade íamos assimilando a cultura local” comenta Maiara. 

Após o seu lançamento, a dupla ficou conhecida como “As Patroas” e também por suas canções como “10%”, “Se Olha no Espelho”, “No Dia do Seu Casamento” e “Medo Bobo”, que estão presentes no álbum Ao Vivo em Goiânia (2016) e que alcançou o topo das paradas brasileiras.

Bruno & Barreto

A dupla se iniciou no ano de 2014 na cidade de Londina, Paraná. O Bruno é um jovem universitário, estudante de agronomia, natural de Sertanópolis, norte do Paraná, com um personalidade bem extrovertida, uma voz mais suave, ele faz a segunda voz na dupla a às vezes até a primeira, deixando a dupla com um diferencial das demais. Com uma voz mais grave, o Barretto faz a primeira voz da dupla. Ele é natural de Alvorada do Sul, região Norte Central do Paraná. Com seu estilo mais bruto e o jeito de falar mais simples, ele mantém a tradição usando sempre seu chapéu nos shows. Desde criancinha é um admirador da música sertaneja.

Dennis DJ

Dennison de Lima Gomes pode não ser tão conhecido quanto deveria. Natural de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, o cara já foi da Equipe Furacão 2000 e produziu os maiores hit’s do funk carioca, como “Cerol na Mão”, “Um tapinha não dói”, “Dança da Motinha”, “Vai Lacraia”, “Já é Sensação” e muitas outras que você já ouviu, mas não sabia que era dele.

O produtor, depois de passar mais de 10 anos nos bastidores do funk, resolveu tomar a frente e apresentar o seu trabalho como artista. Com o programa de rádio “Baile do Galerão”, que posteriormente virou “Baile do Dennis”, o produtor ajudou a escrever a história do funk carioca. E agora, como Dennis DJ se joga em turnês pelo Brasil.

Zé Neto e Cristiano

Zé Neto & Cristiano foram criados na zona rural, divisa de Ipiguá e São José do Rio Preto, em São Paulo. Foi lá que a música começou a fazer história na vida dos artistas.

 Amigos desde a infância, José Toscano Martins Neto, o Zé Neto, sempre esteve envolvido com a música sertaneja raiz, influenciado pela família, enxergava em cada canção um estilo de vida a ser seguido. Irineu Táparo Vaccari, o Cristiano, entrou no mundo da música através da igreja e sempre participou de corais. Em 2011 lançaram sua carreira profissional.  

Trio Parada Dura

Quatro décadas de história e referência absoluta na música sertaneja. Quem nunca se pegou cantarolando os versos de “As Andorinhas” e “Telefone Mudo”?

Você pode não associar as músicas ao título, mas é fato que “as andorinhas voltaram e eu também voltei…” e “Eu quero que risque o meu nome da sua agenda/Esqueça o meu telefone, não me ligue mais…” fazem parte da trilha sonora da nova geração que curte sertanejo, tanto quanto dos antigos admiradores. E os donos desses clássicos são mais que referência para toda uma safra de artistas que tem perpetuado o gênero. Estamos falando, claro, do Trio Parada Dura, que faz parte do cenário sertanejo nacional desde 1973, recebendo ao longo de sua carreira dez discos de ouro três de platina e um de diamante.

O Trio construiu sua personalidade sobre uma base que conta com letras irreverentes, músicas de enorme apelo popular e um nível de produção surpreendente que marcaram a carreira desses grandes artistas.