Secretaria de Saúde

Campanha visa prevenção de criadouros de dengue no Cemitério Municipal

25/10/2019

O Cemitério Municipal é o local que reúne o maior número de focos do mosquito da dengue em Extrema. No Dia de Finados, 2 de novembro, o movimento no cemitério aumenta bastante, assim como a criação de focos do mosquito, devido, principalmente, aos pratinhos dos vasos de planta e outros recipientes que são colocados nos túmulos e acumulam água parada.

A orientação da Secretaria de Saúde é que os visitantes fiquem atentos aos vasos, retirando os pratinhos e embalagens plásticas ou de celofane. Já para os vasos fixos, o ideal é colocar terra ou areia a fim de preencher até as bordas, evitando o acumulo de água, assim como também, não aguar os vasos. Não deixe recipientes em cima dos túmulos como copos, garrafa, embalagens, sacos plásticos, entre outros, e retire os suportes que represam água nas capelas para queima de velas.

Os meses quentes do verão são mais propícios para a transmissão de Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, isso porque as chuvas abundantes, a umidade e o calor típicos da época favorecem, naturalmente, a reprodução do mosquito Aedes aegypti, que é o vetor dessas doenças. Por isso, é necessário tomar medidas preventivas para diminuir os criadouros do mosquito.

Vamos ajudar a cuidar e proteger nossa população. Para mais informações ou realizar denúncias, ligue: (35) 3435-6245.