Secretaria de Esporte , Lazer e Juventude

Atletas extremenses dão show em dois campeonatos de Jiu Jitsu e contabilizam 40 medalhas para o município

22/07/2021

Onze representantes obtiveram bons resultados nos campeonatos organizados pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), alcançando ótimas posições no ranking geral e garantindo 16 medalhas de ouro

Nas últimas semanas os atletas extremenses de Jiu Jitsu se dedicaram intensamente para disputar dois torneios tradicionais, organizados pela CBJJE, na qual a cidade paulistana Embu das Artes foi palco de ambos os eventos. O primeiro torneio disputado pelos jovens atletas foi o Campeonato Sul-Americano de Jiu Jitsu, no qual participaram quase 30 atletas (sendo 13 inseridos no Bolsa Atleta, projeto pioneiro na região, que dá o suporte para atletas em alta performance do município) e o segundo foi o Campeonato Brasileiro nas modalidades Gi (com quimono) e No-Gi (sem quimono).

Na classificação geral do Campeonato Sul Americano de Jiu Jitsu, os jovens atletas ficaram em 9º lugar e conquistaram ao todo: 28 medalhas em diversas modalidades, sendo 11 de ouro, 6 de prata e 11 de bronze.

Já no Campeonato Brasileiro, disputado por mais de 200 academias nacionais, os 7 representantes trouxeram pra casa 12 medalhas, garantindo para Extrema o 17º lugar na competição. Entre os destaques tivemos uma atleta que se consagrou campeã brasileira pela 5ª vez em sua categoria.

O próximo desafio será o Campeonato Mundial Esportivo que ocorrerá no Ginásio do Ibirapuera nos dias 25,26, 27 e 28 de novembro e sem dúvida, será um grande marco para a arte suave em Extrema.

Vale ressaltar ainda que a administração municipal concedeu suporte financeiro aos atletas, a fim de incentivar a prática desportiva, contribuindo para que a equipe mantenha uma sequência de vitórias e mostre a força de Extrema nos campeonatos de todo o país.