Secretaria de Educação

Atendimento Educacional Especializado atende 170 alunos em Extrema

18/02/2020

O Centro Municipal de Educação Especializada entrou em 2020 com diversas novidades para melhor atender as crianças que possuem Deficiência e Transtorno do Espectro Autista, seja ela física, visual ou intelectual.

Para oferecer qualidade de tratamento aos 170 alunos dos 6 ao 17 anos regularmente matriculados do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e diagnosticados, o Centro passou a atender em novo endereço: Rua Benjamin Constat 1001 e 1010 – Agenor (depois da quadra do bairro). O novo local possibilitou a divisão de 9 salas de atendimentos padronizadas, 3 a mais do que a última instalação. Com isso, foram contratados mais professores para cobrir os 9 turnos ao longo do dia.

Outro ganho para a educação especializada é o transporte exclusivo, que hoje contará com 3 vans, sendo 2 adaptadas. Cada uma terá motorista e um monitor para auxiliar nos trajetos.

Já na área de aprendizagem, a novidade veio para a atenção especial dada a cada estudante. A professora vai ter no máximo 6 alunos na sala de atendimento, de acordo com a carência e, fazendo a mais do que é necessário, será oferecido 3 horas extras de atendimento as sextas-feiras, trabalhando linguagens, matemática, tecnologias assistivas e os recursos lúdicos pedagógicos em um sistema diferenciado de rodízio.

Vale ressaltar que as aulas não são reforço escolar e que, embora o aluno tenha uma deficiência, acreditamos que ele tenha um potencial que é trabalhado dia a dia para o seu desenvolvimento pessoal e autonomia para atividades do cotidiano.

O Centro oferece Atendimento Educacional Especializado (AEE) sob a supervisão da nova gestora contratada para fortalecer a parceria e gerir o espaço, desenvolvendo o potencial de cada aluno. Além disso, os alunos recebem o acompanhamento com o Neuropediatra (que avalia e realiza tratamentos de doenças relacionadas ao Sistema Nervoso Central) e Fonoaudiologia (que trata os distúrbios da fala e audição).