• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Artilheiro do Forjos marca três gols na grande final da Copa Jamantão e garante o bicampeonato para o time

Artilheiro do Forjos marca três gols na grande final da Copa Jamantão e garante o bicampeonato para o time

02/08/2023

Compartilhe:

O time mais antigo da cidade conquistou o título pela segunda vez, após consagrar vitória por 4×2 contra a equipe Santa Isabel (time do bairro Salto de Baixo)

Neste último domingo (31), o Estádio Sebastião Camanducci foi palco da final da Copa Jamantão, onde aconteceu o clássico entre bairros vizinhos: Forjos vs Santa Isabel. Nessa 19ª edição o troféu foi erguido pelos atletas do time do Forjos, que se tornou bicampeão do campeonato após um belíssimo resultado de 4 a 2.

O jogo começou com o time de Santa Isabel abrindo o placar, após sofrer um pênalti. O atleta João escolheu o canto direito e marcou o primeiro gol da partida, mas logo em seguida o Forjos empatou com um belo gol do craque Nunes. Ainda no primeiro tempo o Forjos teve mais duas chances claras de gols, o qual marcou o segundo com o jogador Paulinho e o terceiro com o artilheiro Nunes, que deixou o placar em 3×1.

Já no segundo tempo, a equipe do Santa Isabel fez o segundo gol com o atleta Rafael e no fim da partida o Forjos aumentou novamente com o artilheiro Nunes, garantindo o título.

O Forjos FC, time de futebol mais antigo da cidade, foi o primeiro a conquistar o título da Copa Jamantão, com primeira edição ocorrida em 2005. Naquela época, a equipe tinha como treinador o saudoso Zé Roberto, que treinou o time por muitos anos.

Segundo o atual treinador Clayton, mais conhecido como Beiço, o time foi muito feliz nessa vitória: “É uma grande satisfação trabalhar com esses garotos que vestem a camisa e honram com o projeto do nosso time de futebol amador. Cada dia Extrema revela grandes jogadores, através das Escolas que temos na cidade, e posso confirmar que muitos que aqui estão são revelações que contribuíram para o bom futebol que foi entregue nesse campeonato maravilhoso”.

O nome da partida foi o craque Nunes, que fez a diferença no jogo e teve grande influência no resultado final: “Ter um jogador igual ao Nunes na equipe é muito bom, pois ele já passou por grandes clubes profissionais e veio para agregar ao time e repassar toda sua experiência para a equipe que tem ele como exemplo no futebol amador. Um cara de nome, que chama a torcida para vê-lo jogar em campo, tanto pela qualidade, quanto para competência do jogador e do clube”, encerra o treinador do Forjos.