Produtos

Artesanato

Apiário Flor Brazil

Giovanna Gaides
1

Mel, própolis, pólen e mais de 50 tipos de produtos apícolas.

Ari Artesanatos

José Arimatéia Carvalho Ribeiro
1

Oratório, pingômetro, cachepô, casinhas e comedouros de passarinho, tábuas, porta-tempero, porta-chaves, carro de boi, suportes para flores e vasos.

Biu Ateliê

Severina Maria da Silva
1

Crochê, além de macramê e tricô na máquina manual.

Cheiro de Verde

Claudia Cristina Garcez
1

Antepastos e biscoitos de pimenta, geleias artesanais, bolos e doces caseiros.

Claudney Pires Artesanato

Claudney Pires de Melo
1

Artesanato feito com sucatas e ferro velho.

Domenicali Artesanatos

Elaine Domenicali da Silva
1

Lembranças de Extrema, como chaveiros, panos de prato, enfeites, biscuit e recicláveis de garrafa pet.

Drica Bijoux

Adriana Nogueira Pires da Silva
1

Bijuterias e acessórios.

Fábio Artesanatos

Almerita dos Santos Gabriel
1

Tapete frufru e outros.

Laços no Jardim

Jennifer Aparecida Moro Saturnino
1

Laços personalizados infantis e para pets – acessórios.

Maria Eva Bordados

Maria Eva Pereira
1

Enxoval de bebê, enxoval de banho; artigos de copa e cozinha; vestuário.

Moradia do Artesão

Ataide Rodrigues de Oliveira
1

Artesanato de Minas Rural.

Regina Alves Pintura Country

Regina Alves da Silva Ferreira
1

Peças em madeira e reciclados pintados à mão – técnica pintura country.

ROART

Ronilde Gomes dos Santos
1

Flores de EVA, arranjos, chaveiros e muito mais.

Suzy’s Pães

Suzilaine Costa Rocha
1

Panificação e confeitaria artesanal com fermentação natural: pão doce, pães veganos, pães italianos, panetones e  bolos.

Tudim di Crochê

Andreia Moreira
1

Crochê em geral e amigurumi.

gastronomia

Celeste do Pastel

Celeste do Carmo Rodrigues Heleno
1

Pastel

Marques

Juarez Marques de Oliveira
1

Caldo de cana

Resgate para Cristo

René Cursino e Valdenice T. S. Cursino
1

Crepe suíço, lanches e mini pizzas.

PRODUTOR RURAL

Barraca do Nelson

Nelson Donizetti Faria
1

Verduras, legumes e frutas.

Barraca dos Ôrganicos Ju e Di

Carlos Henrique Anderson
1

Escarola, couve, almeirão, azedinha, salsa, agrião, rúcula, alecrim, espinafre, repolho, pimentão, mandioca, abacate, hortelã, entre outros.

Berto’s

José Guilherme Berto
1

Defumados

Gaúcha Artes

Vera Lucia Dalpiaz Rosa
1

Chás, temperos, mudas de flores, artesanatos e frutas nas temporadas

Horta do Leandro

Leandro Aparecido Pereira
1

Folhosas em geral: alfaces variados, escarola, coentro, couve, repolho, brócolis, rúcula, almeirão, etc.

Horta Urbana

Sidney Moreno Piqueras
1

Bananas e hortaliças.

João das Verduras

João Batista de Oliveira
1

Produtos de horta

Pé da Mantiqueira “Arte Raiz”

Helena Ferreira Bonfim e Vagner
1

Suculentas, cactos, vasos e os insumos como substrato próprio, adubos, pedras decorativas, entre outros.

Portal das Estrelas

Vladimir Jan Basus
1

Conserva de berinjela e frutas

Recanto Tathy

Dionisio Alberto Fulop
1

Leite e derivados, mel e derivados, verduras e legumes sem agrotóxicos, frutas, sucos naturais, vinho colonial, geleias, doce de leite, pães e biscoito

Salada Mista

Angela Maria Cardoso de Sá Vieira
1

Alface, coentro, salsinha, chicória, beterraba, cebolinha, espinafre, quiabo e jiló.

Sítio Barros & Barros

Nelson de Barros
1

Mandioca, gengibre, açafrão, abobrinha, quiabo, limão, milho verde, verduras e temperos frescos. Não utilizamos agrotóxicos.

Sítio Santa Cruz

Felício Pereira Franco e Franciele Cassia Franco Cantuaria
1

Verduras, legumes, queijos, doce de leite, doce de abóbora, geleias, conservas de pimenta, frango e ovo caipira.

Programação

22 de December de 2022

Sábado das 7h às 13h

É com enorme prazer que convidamos você e sua família para conhecerem a “Feira de Extrema”, destinada à comercialização de flores, plantas ornamentais, frutas, legumes, verduras, ovos, mel, queijos, geleias, doces, bem como produtos artesanais rurais, produtos de lavoura e artesanato em geral.

Como chegar

Blog

×

5 DICAS PARA CURTIR EXTREMA PRATICANDO ECOTURISMO

5 DICAS PARA CURTIR EXTREMA PRATICANDO ECOTURISMO

Que tal sair da rotina e conhecer cenários naturais exuberantes? No Sul de Minas, pertinho de São Paulo e Campinas, está Extrema, o lugar perfeito para os apaixonados por ecoturismo, desde os mais aventureiros e fãs de esportes radicais, até os mais tranquilos, que adoram uma boa caminhada e a contemplação de paisagens.

Com mais de 50.000 habitantes, Extrema está aos pés da Serra da Mantiqueira, acolhida pela biodiversidade da mata Atlântica em um clima de montanha e paisagens num cenário natural fascinante, com cachoeiras, nascentes, rios, montanhas, vales e parques municipais que permitem ao visitante se aventurar em esportes radicais, caminhadas e inúmeras atividades. O lugar ideal para quem ama contato com a natureza e praticar o ecoturismo. Por isso, vá preparado para desfrutar o máximo das paisagens, cachoeiras e outras belezas desse destino especial.

Rota dos Ventos

Para quem busca se aventurar ou contemplar a biodiversidade da mata Atlântica, essa rota é o passeio ideal, com trilhas para caminhada, pedras para escalada e rapel. Seu principal atrativo é a Serra do Lopo, com altitude que varia entre 880m a 1.725m, de onde é possível assistir a um belíssimo pôr do sol. A rota abriga as rampas de vôo livre, Pedra das Flores, Pedra Cume, Pico dos Cabritos e trilhas que levam a mirantes naturais onde é possível observar belas espécies da flora local, com destaque para bromélias, orquídeas, amarílis da serra e animais silvestres.

Rota das Águas

A Rota das Águas está localizada na região onde o Rio Jaguari nos brinda com saltos e cachoeiras que possibilitam a prática de rafting e canoagem. Nesta rota está o Projeto Conservador das Águas e o Parque Municipal da Cachoeira do Salto, que provém ainda de cachaçarias, apiário, café mineiro, doces, queijos artesanais, mercearias rurais e gastronomia típica mineira. A rota conta ainda com o Pico do Lobo Guará, de onde é possível fazer saltos de paraglider.

Rota do Sol

Muito procurado por praticantes de atividades esportivas em contato com a natureza, a Rota do Sol é para aventureiros que apreciam as trilhas de jipe, moto e bicicletas no alto da Serra das Anhumas. A rota conta ainda com o atrativo natural Prainha do Juncal, pousadas, artesanato em tear, cachaçarias e comida típica mineira.

Rota das Pedras

Passeando por essa rota se pode admirar a natureza de relevo ameno, com mares de morros. Para os aventureiros é possível passear pelo alto da serra em meio à neblina, apreciar belíssimas paisagens, além da fauna e flora silvestres. A rota conta ainda com pedra de escalada, espaços para retiros holísticos e cervejaria artesanal, o que faz dessa região uma experiência à parte.

Rota das Rosas

Tem por atrativo principal o Santuário de Santa Rita de Cássia, que abriga a imagem fac símile (uma cópia idêntica) da padroeira da cidade, além de quadros que compõem a Via Sacra de autoria do reconhecido artista, mosaicista e pintor italiano Alfredo Mucci que viveu por um período em Extrema. A rota abriga ainda o Parque Cachoeira do Jaguari, Parque Municipal de Eventos, além de artesanato local da Produção Associada ao Turismo, Feira do Produtor Rural, outlets, cervejarias artesanais, restaurantes, pousadas, hotéis e o Centro de Informações Turísticas (CIT) para bem receber o visitante e por fim, praças com ar de interior.

×

CONHEÇA EXTREMA E OS MELHORES QUEIJOS DO SUL DE MINAS GERAIS

CONHEÇA EXTREMA E OS MELHORES QUEIJOS DO SUL DE MINAS GERAIS

Em muitas regiões do Brasil é comum chamar o queijo frescal, aquele branquinho que solta líquido, de Queijo Minas, mas os queijos produzidos em Minas Gerais não se limitam apenas ao delicioso frescal. O Estado, que é o maior produtor de queijo do país, conta com uma grande variedade de queijos artesanais, que passam por processos de maturação diferentes.

O Queijo Minas Artesanal é um produto que carrega em seu processo de fabricação uma técnica histórica. Em Extrema, no sul de Minas Gerais é possível encontrar uma variedade enorme de queijos feitos em pequenas propriedades rurais, utilizando receitas tradicionais e familiares, passadas com carinho de geração em geração, que preservam a identidade cultural do povo mineiro e sabor marcante.

Os sabores dos queijos artesanais variam de acordo com a região onde é produzido, sendo influenciado pela altitude; características do solo onde as vacas pastam; clima da localidade; qualidade da água, entre outros fatores que propiciam sabores únicos aos queijos de cada parte do Estado. Extrema, produz um dos melhores queijos do sul do estado, graças às receitas passadas de geração a geração e pela localização privilegiada.

Vai passar uns dias em Extrema? Então não deixe de experimentar uma das maiores delícias da culinária mineira. Conheça alguns queijos produzidos na região e saiba mais sobre eles:

Queijo Minas Frescal

O queijo frescal é o tradicional queijo branco, um dos mais consumidos no Brasil, muito comum no café da manhã ou acompanhado de doces, como o doce de leite. É um queijo fresco, de consistência macia, que passa por pouco ou nenhum processo de maturação ou envelhecimento, devendo ser consumido em até 10 dias após a fabricação. É um queijo que contém menos calorias, proteínas e cálcio que os demais.

Queijo Meia Cura

O queijo meia cura artesanal é mais amarelinho, possui um sabor leve e a textura é mais firme, muito consumido no lanche da tarde, acompanhado de um café fresco ou um corte generoso de goiabada caseira. Diferentemente do frescal, o meia cura passa por um breve processo de maturação, que pode durar de uma a cinco semanas, dependendo de fatores como umidade e temperatura. O queijo meia cura é um produto intermediário entre o frescal e o curado.

Queijo Curado

O tempo de maturação do queijo curado é maior que os demais, podendo ir de quatro semanas até alguns anos, dependendo do queijo. Nesse processo de cura prolongado, as superfícies criam uma casca mais amarelada e o queijo vai adquirindo novas características que intensificam sua consistência e sabor. O queijo curado é muito utilizado em receitas especiais ou consumido como aperitivo, que fica melhor ainda quando acompanhado de um pão fresco e um bom vinho. 

Provolone

Queijo de textura firme e compacta, caramelo escuro, com sabor forte e característico. O grande diferencial do Provolone da região é o seu processo de defumação em câmara de fumaça natural. A fumaça da lenha deixa o produto com um sabor marcante e muito mais gostoso do que os defumados artificialmente. Pode ser servido puro, como aperitivo, assado, em pizzas, à milanesa ou em receitas de massas, entre outros.

Em Extrema, você encontra esses e vários outros tipos de queijos para acompanhar todas as ocasiões e agradar qualquer paladar. Não deixe de experimentar também as geléias e doces caseiros, compotas, pães frescos, licores e outras delícias produzidas na região. Boa viagem!  Saiba mais sobre os encantos de Extrema acessando o site: www.extrematur.com.br ou o perfil oficial no Instagram: @extrema_oficial.

×

5 DICAS PARA APROVEITAR NO FINAL DE SEMANA EM EXTREMA

5 DICAS PARA APROVEITAR NO FINAL DE SEMANA EM EXTREMA

A cerca de 110km tanto de São Paulo quanto de Campinas, está Extrema, uma charmosa cidade do Sul de Minas Gerais, que aos pés da Serra da Mantiqueira se transformou no destino perfeito para quem busca por aventuras, contato com a natureza e calmaria. 

De 6 a 9 de outubro, acontecerá a 35ª edição da Festa de Peão de Boiadeiro e a 23ª Extrema Country Fest, celebração esta que marca um reencontro cultural após 2 anos sem ter nenhuma edição, em ocasião do surgimento da Covid-19. O evento contará com muita montaria, fazendinha para as crianças, Desfile da Rainha, Desfile de Cavaleiros, Desfile de Carro de Boi, atrações de artistas locais e muito mais. Se interessou em aproveitar mais desse evento?

 Nesta matéria você vai encontrar 5 dicas imperdíveis para aproveitar o melhor da cidade durante a Festa do Peão, bora? 

1 – Gastronomia

Com receitas tradicionais de família, a nossa gastronomia se torna um evento à parte. Aqui você encontra não só o melhor da culinária mineira, como tutu, feijão tropeiro, torresmo, mas também culinária internacional. Além de contar com receitas deliciosas, como o tradicional e premiado pudim, temos o original strudel, feito com massa filo.

Extrema possui ainda cervejarias e cachaçarias artesanais, bares, produção de hidromel, queijos, entre outras delícias. E você pode curtir isso e muito mais durante o festival de inverno da cidade. Impossível não se apaixonar!   

2 – Santuário de Santa Rita de Extrema

Se você gosta de turismo religioso, escolha um momento para conhecer o Santuário de Santa Rita de Extrema.  Datado de 1850, o Santuário abriga a imagem fac-símile (cópia idêntica) da padroeira da cidade, além de quadros que compõem a Via Sacra e obras tombadas de autoria do reconhecido artista, mosaicista e pintor italiano Alfredo Mucci, que viveu por um período em Extrema. 

3 – Rotas Turísticas

Para facilitar o acesso aos atrativos, serviços e equipamentos turísticos, Extrema foi organizada em 5 Rotas Turísticas: a rota das águas, das rosas, das pedras, do sol e dos ventos. Por esses caminhos é feito o convite para a descoberta, a troca de experiência com a Produção Associada ao Turismo e a contemplação dos cenários das belezas naturais, além de se deliciar com a gastronomia típica mineira e se aventurar por meio dos esportes e atividades ao ar livre.

4 – Comércio local

Com ares do interior, o centro da cidade é formado não só por lindos cenários, mas também por diversas opções de lojas e serviços para auxiliar sua estadia em Extrema e levar um pedacinho da cidade para sua casa. Aqui você encontra também outlets para compras de materiais esportivos e alimentos, mantendo o acolhimento e sossego que você precisa para relaxar com toda a família.

5 – Praças 

Caminhar pelas ruas e praças de Extrema é uma viagem pela essência do povo mineiro. Extrema conta com praças recém revitalizadas e cheias de charme típico do interior, com coretos, iluminação aconchegante, belas fontes, espaços acolhedores e seguros para boas prosas, momentos de calmaria, jardins e canteiros meticulosamente aparados, além de árvores e flores que dão cor e vida às crianças que brincam.

×

Venha ser feirante

Feira de Extrema – Post 2 1080x1080px

A Feira de Extrema será inaugurada no dia 17 de setembro e os comerciantes que desejam vender seus produtos na feira, deverão realizar a inscrição até o dia 26/08 .

A Feira contará com vários produtos produzidos aqui em nossa cidade, que vão desde frutas, hortaliças e outros alimentos comercializados pelos produtores rurais , aos artesanatos confeccionados pelas equipes da CREARTE e Produção Associada ao Turismo, além de diversas itens da gastronomia .

Para realizar a inscrição, basta preencher o formulário: https://www.extrematur.com.br/formulario/. Para mais informações, entre em contato através do telefone (35) 3435-4914.

×

“Feira de Extrema” será inaugurada em outubro

Logo Feira de Extrema (1)

A partir do dia 15 de outubro, os produtores rurais e artesãos do município poderão expor suas mercadorias na Praça “João Batista de Morais Filho” com mais segurança e conforto

A Prefeitura de Extrema sancionou, no último dia 12 de julho, a Lei de nº 4.621 que regulamenta a Feira do Produtor Rural, da Produção Associada ao Turismo e da CREARTE na “Praça João Batista de Morais Filho”, isto é, a partir do dia 15 de Outubro, a “Feira de Extrema”, como será chamada, terá o apoio da Prefeitura que contribuirá com a inspeção sanitária, controle das mercadorias, aquisição de barracas e demais equipamentos necessários para os feirantes, além de estar responsável pela organização geral da feira.

Anteriormente a Feira era realizada aos sábados de manhã, de forma independente na Praça Presidente Vargas, somente com os produtores rurais, porém com a reforma da praça pública, os feirantes foram remanejados para a Rua Melo Viana, ao lado da Escola Estadual Odete Valadares, no qual por enquanto ainda permanecem no local.

Com a regulamentação concretizada a Feira fortalecerá não só a agricultura familiar, como também enriquecerá a cultura e o turismo local, já que peças de decoração artesanal, produzida pelos artistas e artesãos do município, também serão expostas. Com isso, as barracas serão dividas em 4 categorias, sendo a barraca de cor branca e verde destinada para o Produtor Rural, a barraca branca e laranja para a gastronomia e a barraca branca e vermelha será direcionada para os artesãos da CREARTE e da Produção Associada ao Turismo

Durante todos os sábados, das 7h às 13h, a Feira será destinada à exposição e comercialização a varejo de flores, plantas ornamentais, frutas, legumes, verduras, ovos, mel, queijos, geléias, doces, bem como produtos artesanais rurais, produtos de lavoura e artesanato em geral. Na parte gastronômica haverá barracas que já fazem parte da feira do produtor rural, além de novas barracas destinadas a entidades assistenciais da cidade, que também estarão aguçando o paladar dos extremenses com sua gastronomia.

Não será admitida como atividades de “feira livre” a comercialização de produtos industrializados, como: eletrônicos; brinquedos; medicamentos; artigos de vestuário; materiais de construção; produtos fumígenos, derivado do tabaco; artigos de perfumaria e materiais inflamáveis ou perigosos. Também será proibida a venda de leite cru e a venda de suínos, caprinos e bovinos vivos e abatidos, como também os seus produtos e subprodutos in natura.

Ao todo serão 31 barracas, sendo 16 barracas para os produtores rurais, 5 barracas da gastronomia e 10 barracas para o artesanato. Os feirantes já foram definidos e ambos também já receberam todo o equipamento adequado para iniciar a comercialização de seus produtos no próximo dia 15 de Outubro.