O programa

O Programa de Estímulo ao Empreendedorismo Turístico promovido pela Secretaria de Turismo está baseado nos resultados obtidos e consolidados dos estudos já realizados no Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico Sustentável – Rota Turística 10 anos (2017-2020), no Plano de Marketing Turístico (2019-2021) e aditivo, nas pesquisas de gabinete, pesquisas de campo e visitas técnicas. O foco do programa é a valorização da oferta turística de Extrema com o objetivo de qualificar os empreendimentos para que possam captar investimentos externos, sejam eles privados ou públicos fomentando assim, o empreendedorismo local. Esta qualificação irá ocorrer com o assessoramento técnico de 04 empreendimentos / atrativos e serviços turísticos selecionados por meio de chamamento público, cujos critérios foram validados unanimemente pelo Conselho Municipal do Turismo – COMTUR.

O que é Assessoramento Técnico?

Nesta etapa, serão realizadas 4 visitas técnicas com o objetivo de assessoramento técnico aos empreendimentos/atrativos e serviços selecionados no chamamento público.Serão 4 horas para atendimento para cada empreendedor. Serão analisadas as situações de cada um de forma personalizada com o objetivo de identificar como o atrativo/empreendimento pode ser melhorado para compor a oferta turística local, além de auxiliá-los a estruturar um plano de negócios para que possam captar investimentos para a implantação do projeto.

Os critérios do Chamamento Público serão apresentados a seguir. Importante lembrar, que o prazo para recebimento dos projetos em PDF com as documentações obrigatórias em PDF termina às 23h59 do dia 30 de abril de 2020.
O resultado final com os 04 (quatro) empreendimentos selecionados será publicado no site: www.extrema.mg.gov.br no dia 07 de maio de 2020.

Os Critérios para Chamamento Público
Seleção de Projetos para Assessoramento Técnico

Serão aceitos somente empreendimentos privados que, serão selecionados prioritariamente segundo as rotas turísticas: Rota do Sol, Rota das Pedras e que cumprirem os critérios expostos a seguir. No caso de não termos número suficiente de inscritos destas rotas, iremos selecionar por ordem de prioridade os empreendimentos da Rota dos Ventos, seguido pela Rota das Águas e Rota das Rosas.

A seguir os critérios para seleção de 4 (quatro) empreendimentos privados para receber o assessoramento técnico referente ao PROGRAMA DE ESTÍMULO AO EMPREENDEDORISMO TURÍSTICO.

1Ser um empreendimento privado, detentor de atrativos ou recursos de cunho natural e/ou cultural prioritariamente, e na ausência serão selecionados serviços turisticos, devidamente constituído e legalizado no município de Extrema - MG.

2O interessado (pessoa física e/ou jurídica) que irá apresentar o projeto deverá ser proprietário do empreendimento, não serão aceitos locatários ou arrendatários.

3Possuir infraestrutura básica para atendimento turístico: estacionamento; sanitários e, ao menos, alguma construção edificada que sirva como ponto de apoio ao turista.

4Ter registro/cadastro no SIM - Selo de Inspeção Municipal, no caso dos empreendimentos com venda e degustação de produtos alimentícios caseiros/artesanais.

5Se enquadrar nas classificações abaixo, mantendo a ordem prioritária de seleção, de I a III, sendo:
I - Empreendimento em estágio inicial de desenvolvimento, com até 2 anos de abertura e até 3 funcionários (entre registrados e/ou temporários);
II - Empreendimento em desenvolvimento com 2 a 4 anos de abertura e mais de 3 funcionários (entre registrados e temporários);
III - Empreendimento já desenvolvido, com mais de 4 anos de constituição e que tenha planos de expansão do negócio.

6No caso de meios de hospedagem, parques temáticos, acampamentos turísticos e agências de Turismo deverão estar inscritos no Cadastur.

Os empreendimentos que estiverem enquadrados nos critérios descritos acima deverão apresentar um pré-projeto para o qual desejam receber o assessoramento técnico, seguindo as seguintes normas:
- Máximo 3 páginas com Fonte: Arial, 12, texto justificado, entrelinha simples contendo: Introdução, justificativa, objetivos (geral e específicos), conteúdo sobre o projeto, custo estimado e prazos para a execução e implantação do projeto, também estimado.
comissão de avaliação formada por um (01) representante da Secretaria de Turismo, um (01) representante do COMTUR e um (01) representante da consultoria GKS irá classificar os projetos apresentados seguindo os critérios:


1) Projeto

- Coerência do escopo do projeto e alinhamento com o PMDTS – Plano Municipal de Desenvolvimento do Turismo Sustentável 2017-2020 e com o Plano de Marketing Turístico 2019-2021. Serão dadas notas de 1 a 5 para cada projeto e por cada um dos participantes da comissão de avaliação, será feita a média aritmética das notas. No caso de empate, serão escolhidos os empreendimentos segundo a priorização das rotas.


2) Documentos obrigatórios

Deverão ser apresentados os seguintes documentos escaneados e em formato PDF juntamente com o projeto:

Cnd's (Certidão Negativa de Débito Municipal),

Alvará municipal de funcionamento,

Alvará de vigilância sanitária/ SIM - selo de inspeção municipal no caso de empreendimentos que é exigência e,

Cadastur caso sejam meios de hospedagem, acampamento turístico, agência de turismo e parques temáticos.


3) Anexos

Caso tenham anexos, como fotos, documentos extras que queiram apresentar salvar separadamente do formulário também em PDF.

A falta de apresentação destes documentos inabilitará o interessado. Os documentos deverão acompanhar o PDF do projeto como anexo.

Formulário para inscrição

Clique aqui e baixe o formulário em formato Docx (Word)

Envie o seu projeto

Os projetos e a documentação exigida deverão ser salvos em PDF e encaminhados para o e-mail: adm@gks.com.br

Até às 23h59 do dia 30/04/2020.

Não serão aceitos projetos enviados após esta data e em outro formato que não seja PDF.

OBS: Não esqueça de anexar os demais documentos obrigatórios:

Cnd's (Certidão Negativa de Débito Municipal),

Alvará municipal de funcionamento,

Alvará de vigilância sanitária / SIM - selo de inspeção municipal no caso de empreendimentos que é exigência e,

Cadastur caso sejam meios de hospedagem, acampamento turístico, agência de turismo e parques temáticos.

Contato

Qualquer dúvida ou esclarecimento deverá ser feito exclusivamente por e-mail: adm@gks.com.br

Compartilhe essa oportunidade